A velha máxima de que o jogo só acaba quando o árbitro apita aplica-se na perfeição ao encontro disputado ontem entre Felgueiras e Marítimo B. O conjunto da casa esteve em vantagem até ao último segundo, altura em que os insulares chegaram à igualdade. O golo foi apontado por Teles no último lance do desafio.



Num jogo intenso, as duas equipas esforçaram-se por proporcionar um bom espetáculo e a partida teve qualidade e prendeu o público pela incerteza no resultado. Os durienses entraram determinados e criaram alguns lances de perigo junto à baliza adversária. Ansuname, Goba e Caleb, que formaram o tridente atacante, estiveram ativos e deram muito trabalho à defensiva madeirense.


O primeiro surgiu com alguma naturalidade, aos 26’, após um bom trabalho de Caleb que passou dois adversários e entregou, dentro da área, a Ansuname, que não desperdiçou. Os visitantes reagiram bem e Aldair foi o mais inconformado, mas foi Carlos Daniel que teve a melhor ocasião quando, aos 38’, rematou para boa defesa de Cajó.
A toada da partida manteve-se e, se é certo que os felgueirenses tiveram maior caudal, os maritimistas nunca desistiram e chegaram à igualdade no último suspiro. 

Autor: Pedro Alves