A par do Benfica, o Chaves, que acabou de chegar ao primeiro escalão, é o único conjunto que ainda não conheceu o amargo sabor da derrota – duas vitórias e três empates. Mas, a juntar a este facto, os valentes transmontanos podem orgulhar-se de serem neste momento o conjunto que há mais tempo está sem sofrer golos: 285 minutos!

O guarda-redes Ricardo Nunes e os defesas Paulinho, Felipe Lopes, Leandro Freire e Nélson Lenho têm grande parte do mérito neste registo, mas o técnico dos flavienses, Jorge Simão, lembra o coletivo. "Não podemos valorizar só o guarda-redes ou a defesa. O mérito é da equipa, até porque tudo começa no momento em que perdemos bola e na forma como a atacamos", salientou o técnico, fazendo questão de frisar: "Sofremos três golos em cinco jogos e todos sabem que não sofrendo estamos mais perto de pontuar, que é sempre o objetivo e, se possível, vencer." Os transmontanos sofreram o último tento ao minuto 75 do dia 28 de agosto, frente ao Boavista. Daí para cá somaram três duelos sem golos a lamentar, vencendo o Nacional e o Arouca, e empatando diante do V. Setúbal.

A preparação para o jogo com o Benfica arranca hoje, às 10 horas, em Vila Pouca de Aguiar, com o guardião Ricardo Nunes e o médio Patrão a serem reavaliados às respetivas lesões.

Autor: Paulo Silva Reis