O Académico de Viseu venceu esta quarta-feira o Santa Clara por 2-1, impondo a primeira derrota caseira à equipa açoriana na presente edição da 2.ª Liga, em jogo da 11.ª jornada da prova.

A equipa viseense adiantou-se aos seis minutos, por Paná, ainda permitiu que o Santa Clara igualasse aos 17, por Pineda, mas Bura, na coversão de um penálti, aos 57, anotou o golo que permitiu o triunfo aos visitantes.

A equipa de Viseu impôs assim à formação açoriana a primeira derrota em casa desde o arranque do campeonato, sendo que o Santa Clara se mantém em segundo lugar da classificação e o Académico de Viseu sai de zona de despromoção.

O Santa Clara entrou mal no jogo e permitiu ao Académico de Viseu superiorizar-se aos seis minutos, num remate de Paná em arco, que não deu hipóteses de defesa a Serginho.

A formação de Rui Amorim igualou num golo de Pineda, aos 17 minutos, resultante de um mau alívio do guarda-redes Diogo Freire, que o jogador santaclarense aproveitou para cabecear e estabelecer o 1-1.

Aos 57 minutos, Bura transformou em golo um penálti assinalado pelo árbitro Carlos Cabral, depois de Filipe Barros ter cometido falta sobre Capela.

Jogo no Estádio de São Miguel, em Ponta Delgada.

Santa Clara - Académico de Viseu, 1-2.
Ao intervalo: 1-1.

Marcadores:

0-1, Paná, 06 minutos.
1-1, Pineda, 17.
1-2, Bura, 57 (penálti).

Equipas:

- Santa Clara: Serginho, Rui Silva, Accioly, Felipe Barros, Igor, Telmo Castanheira, Pacheco (Hugo Santos, 79), Ruben Saldanha (Clemente,58), Pineda (João Reis, 68), Diogo Ribeiro e Berny Burque.

(Suplentes: Pedro Soares, João Dias, Clemente, Hugo Santos, Diogo Coelho, João Reis e Batatinha).

Treinador: Rui Amorim.

- Académico de Viseu: Diogo Freire (Rodolfo, 80), Bura, Luisinho, Paná, Yuri, Tomé, Park, Ricardo Ferreira, Saná (Bruno Loureiro, 50), Capela e Sandro Lima (Carlos Eduardo, 62).

(Suplentes: Rodolfo, Tiago Gonçalves, Zé Postiga, Carlos Eduardo, Bruno Loureiro, Moses e Zé Pedro).

Treinador: André David.

Árbitro: Carlos Cabral (Algarve).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Paná (23), Telmo Castanheira (54), Accioly (59), Tomé (85), Rodolfo (90+2) e Bruno Loureiro (90+3).

Assistência: 867 espectadores.

Autor: Lusa