Nélson Mendes, de 24 anos, é um dos heróis da 3.ª eliminatória da Taça de Portugal. Foi dele o golo que empurrou o ‘europeu’ Arouca para fora da prova, às mãos do Real Sport Clube, do terceiro escalão do futebol português. Um momento único que o próprio explicou assim a Record. "Senti muita vontade, muita força. Veio tudo ao de cima. Parecia que tinha a equipa toda em cima de mim, a fazer força para chutar, porque, ali, tinha mesmo de ser!", exultou o avançado, que reparte o seu tempo entre o futebol no Real e um ‘part-time’, mas que sonha vir a tornar-se profissional a tempo inteiro.

Agora que o Arouca já é passado, venha o Benfica, a quem já marcou um golo num jogo de preparação, na pré-temporada. "Queria jogar no Estádio da Luz. É um sonho para mim e para a minha equipa, que tem jogadores com muito talento", partilhou aquele que acredita que a Taça de Portugal pode ser uma ‘montra’ para os futebolistas de clubes mais modestos, como o Real.

Para o final, Nélson deixou a revelação de um segredo: como abater o Arouca. "Sabíamos que o jogo não ia ser fácil. Tínhamos de correr mais do que eles, ter mais vontade de ganhar do que eles e fazer o que aconteceu: ganhar, que era o nosso objetivo", concluiu.


Autor: João Lopes