Partiu da Guiné-Bissau aos 4 anos rumo a Lisboa, mas três anos depois seguiu com a família para Coimbra, onde se formou para o futebol. Atuou no U. Coimbra e completou a formação na Académica, clube que vai reencontrar amanhã na estreia do Belenenses na edição 2016/17 da Taça de Portugal. Falamos de Gerso, jogador atualmente com 25 anos e para quem o confronto de Coimbra assume contornos especiais. Independentemente das questões emocionais, frisa que o objetivo é vencer e a crença em chegar ao Jamor não é disfarçada.

"Foi em Coimbra que completei a minha formação e tenho um carinho especial pela Académica, sabendo que será uma partida difícil, mas queremos passar à fase seguinte. Apesar de se tratar de uma equipa de 2ª Liga, temos de encarar o jogo com cautelas. Cabe-nos trabalhar e vencer, para não haver surpresas", alerta. No que diz respeito à competição em si, mostra-se determinado. "O Belenenses já venceu a prova rainha por três vezes e, de cada vez que nos lembramos disso, acreditamos que podemos sonhar e que é possível chegar ao Jamor", vinca.

Com três assistências para golo dos azuis, Gerso não hesita em afirmar que "está na altura de marcar um golinho", considerando "ter capacidade para fazer mais no Restelo" e garantindo "que com a qualidade do atual plantel existem condições para a realização de uma boa época".


Autor: João Pedro Abecasis