Fernando Santos considerou esta quarta-feira que a vitória no Euro'2016 fez despertar o orgulho em ser português, permitindo a muitos emigrantes a saída da concha onde viviam.

"O que mais me marcou, além da vitória, foi a seleção nacional ter proporcionado a possibilidade de todas essas pessoas [emigrantes portugueses e lusodescendentes a residir em Marcoussis] terem um enorme orgulho em ser português e de saírem da concha. Isso marcou-me muito e, seguramente, marcou o país porque quando formos por esse mundo fora, na diáspora portuguesa, vão ter sempre de levar connosco: têm sempre que dizer que Portugal foi campeão da Europa", alegou.

No dia em que se assinalam 100 dias sobre a vitória de Portugal no Campeonato Europeu, Fernando Santos foi recebido na Câmara de Resende, no norte do distrito de Viseu, onde recordou a chegada a Marcoussis, em França, em que apenas avistaram duas bandeiras portuguesas.

Tal vinha confirmar o que uma portuguesa lhe tinha dito ano e meio antes, quando procuravam um centro de estágios, de que apenas encontrariam dois ou três portugueses naquela vila com cerca de 8 mil habitantes.

"Na altura achei aquilo um bocadinho estranho, mas tinha de acreditar naquilo que a senhora dizia. Mas, com o desenrolar dos acontecimentos, quando saímos de Marcoussis, 80% das casas tinham bandeira portuguesa", referiu.

Fernando Santos congratulou-se por ver que o feito da seleção nacional fez despertar o orgulho em ser português nos nossos emigrantes, que até então preferiam ficar na 'concha', não assumindo que eram portugueses para evitar alguns problemas que pudessem vir a surgir.

"O que aconteceu em Marcoussis foi algo que me marcou e vai marcar inteiramente para a vida, pois tem muito a ver com este sentimento de ser português", apontou.

O selecionador português de futebol aproveitou ainda a ocasião para realçar a importância da parceria entre a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) e a Escola de Futsal Os Afonsinhos, do concelho de Resende.

Neste âmbito, na tarde desta quarta-feira, Fernando Santos marcará presença no Centro Escolar de S. Martinho de Mouros, fazendo-se acompanhar pelo vice-presidente da FPF Humberto Coelho e pelo antigo internacional português João Vieira Pinto, diretor da FPF.

Fernando Santos sabe que agora têm sempre de levar connosco

Fernando Santos sabe que "agora têm sempre de levar connosco"


Autor: Lusa