Adeptos de Boavista e União de Leiria envolveram-se este sábado em confrontos no final do jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal, realizado esta tarde no Estádio Dr. Magalhães Pessoa, confirmou fonte policial à Lusa.

Segundo fonte do Comando Distrital da Polícia de Segurança Pública (PSP) de Leiria, no final do encontro, que os axadrezados venceram por 2-0, os adeptos do Boavista ter-se-ão encontrado junto ao café Lagoa, junto ao estádio, onde se registaram "provocações de parte a parte".

Algumas pessoas "fugiram para dentro do café", onde os desacatos continuaram, o que acabou por "provocar alguns estragos" no estabelecimento comercial.

A PSP adiantou que os adeptos do Boavista iam acompanhados dos 'spotters', que terão atuado de imediato e procedido à identificação de algumas pessoas.

A ocorrência vai agora ser investigada por esta polícia.

Já durante o jogo, os cerca de 30 adeptos do Boavista envolveram-se em alguns confrontos com agentes, primeiro ao lançarem um petardo e depois ao incendiarem uma tocha.

No entanto, no recinto, segundo fonte da PSP, não foi possível proceder à identificação dos seus autores.

Autor: Lusa