Tudo aponta para que Erwin Sánchez promova, esta noite, no Estádio do Dragão, a estreia do guarda-redes internacional azeri, Kamra Aghayev, com a camisola do Boavista.

O técnico dos axadrezados pretende devolver à baliza a estabilidade que foi perdida com a partida de Mika para os ingleses do Sunderland e, nesse sentido, deve avançar no dérbi da cidade Invicta com o guarda-redes recém-contratado.

Confirmando-se a opção por Aghayev, este será o quarto guarda-redes a avançar no onze do Boavista em outros tantos jogos oficiais consecutivos: o duelo contra o Chaves (2-2) marcou a despedida de Mika, na jornada seguinte (4ª) foi Mamadou Ba quem assumiu as redes, na derrota (3-0) com o Sp. Braga, e, na pretérita ronda da Liga NOS, Sánchez optou por conceder a titularidade a Mickael Meira em nova derrota (2-1), esta frente ao Feirense. Agora, de acordo com o que vem sendo testado em treino e depois de curto, mas bem-sucedido, período de adaptação a um novo clube e uma nova língua, Aghayev já se mostra pronto a assumir as responsabilidades da titularidade e a perspetiva é que por lá continue.


Philipe Sampaio chega-se à frente

A pretérita jornada da Liga NOS foi madrasta para Lucas. Além de ter ficado ligado aos dois golos da vitória do Feirense, no Bessa, Lucas ainda viu o cartão vermelho, pelo que falhará o jogo desta noite, no Estádio do Dragão, para cumprir castigo. Nesse sentido, Erwin Sánchez ficou com duas alternativas para compor o eixo defensivo: Philipe Sampaio e Carlos Santos. Ao que tudo indica, será o brasileiro, de 21 anos, quem se juntará ao titular indiscutível Henrique, no centro da defesa axadrezada.