/arquivo/
Siga-nos: |||| Diretor: António Magalhães
Nuno Gomes: «Jogadores do Benfica foram cem por cento profissionais»
AVANÇADO SAI EM DEFESA DA EQUIPA DO BENFICA, APÓS A DERROTA EM VIGO
domingo, 28 novembro de 1999 | 01:00
 

NUNO Gomes saiu sábado em defesa da equipa, depois da goleada sofrida frente ao Celta. Sem receios, o ponta-de-lança do Benfica foi o primeiro jogador a dar a cara após o "pesadelo" de Vigo. E rebateu as críticas de quem colocou em causa o profissionalismo dos atletas. "Fomos 100 por cento profissionais", frisou. Não escondeu que os jogadores ficaram abalados e sustentou que a contestação dos adeptos não foi a melhor forma de ajudar a equipa.


-- Qual é o estado de espírito dos jogadores, depois da derrota em Vigo?


-- Estamos abalados. Mas isto faz parte do futebol, temos a consciência de que a derrota foi um acidente de percurso. Aliás, todos os jogadores já pensam no próximo jogo. É sobre isto que se tem falado no balneário.


-- Como é que a equipa sentiu a reacção dos sócios?


-- O capitão já leu o comunicado. De qualquer forma, nenhum jogador gosta de sentir que os adeptos estejam furiosos. Como jogadores profissionais, temos de ouvir e calar, mas não é assim que ajudam a equipa a dar a volta por cima.


-- Que reacção esperam por parte dos adeptos no jogo frente ao Campomaiorense [segunda-feira]?


-- Esperamos que os sócios venham ao estádio em grande número apoiar a equipa. E quem vier, que não seja com o pensamento de assobiar, mas para aplaudir e apoiar os jogadores.


-- É importante marcar um golo cedo?


-- Temos de entrar em campo com o único pensamento de ganharmos, custe o que custar! Nenhum jogador do Benfica gosta de perder e ninguém mais do que nós passou pela humilhação da derrota. Fomos os primeiros a senti-la.


-- Como interpreta o facto de os jogadores mais carismáticos do plantel [João Pinto, Nuno Gomes, Paulo Madeira e Calado] terem sido os mais contestados?


-- Pelo que vi na primeira página de um jornal de hoje [sábado], fomos os culpados. Considero isto grave. Aproveito para deixar uma mensagem aos jornalistas de "A Bola": não gostei nada do que foi escrito. Não merecíamos. Ao dizerem que a culpa é de quatro jogadores, estão a personalizar as coisas e a virar as pessoas contra nós.


-- Desculpe a insistência: que explicação encontra para o facto de terem sido os mais assobiados?


-- Não há explicação. Ou melhor: os jogadores foram assobiados, porque mereceram ser assobiados, pois perderam o jogo, por 7-0. Segunda-feira [amanhã] vamos ganhar o jogo e ser aplaudidos. É esta a vida de um futebolista... Tenho as minhas responsabilidades, como qualquer outro jogador. Aliás, ontem [sexta-feira] assumimos que temos culpa da derrota.


-- No final do desafio, o presidente do Benfica apontou o dedo aos jogadores. Considera que foi colocado em causa o profissionalismo dos jogadores?


-- Não houve falta de profissionalismo. Fomos 100 por cento profissionais. Aquilo que o presidente nos diz é do foro interno do clube. De qualquer forma, quando falou publicamente, não individualizou, não se referiu a um jogador em particular, mas sim ao grupo.


-- Sentem-se desapoiados pela Direcção ou pelos adeptos?


-- Não. Sentimo-nos apoiados.


-- No treino de hoje [sábado], os adeptos já aplaudiram a equipa. Quer comentar?


-- É como digo: uns dias assobiam, outros aplaudem. Não gostamos de ser assobiados, mas temos de ouvir, calar e consentir, assumindo as responsabilidades. Vamos fazer tudo para que não nos voltem a assobiar.


"PENSÁMOS EM DESAPARECER"


O goleador do clube da águia assumiu a incapacidade do Benfica para reagir aos dois primeiros golos do Celta. No jogo da Luz, o futebolista quer provar que o que se passou em Vigo foi um "pesadelo" que não se volta a repetir:


- Os dois primeiros golos foram como se tivéssemos levado um murro. Não conseguimos reagir e inverter o rumo dos acontecimentos. Chegámos a uma altura em que pensámos que tínhamos de desaparecer rapidamente. Por muito que quiséssemos, não conseguíamos. Defrontámos uma boa equipa, que não é tão superior como o resultado deixa perceber. Como já foi dito - e bem -, em dez jogos, não nos volta a ganhar nem cinco. Foi um dia muito mau para os jogadores do Benfica, nos próximos dez a 20 anos, não acontecerá outro jogo assim.


- Que tipo de trabalho tem de ser feito agora?


- Temos de trabalhar a recuperação psicológica. Não vai ser fácil esquecer um jogo daqueles, ficará na memória de todos durante muito tempo. Assim, segunda-feira [segunda-feira] temos de nos redimir, apesar de uma vitória apenas não chegar para fazer esquecer o que se passou. No entanto, é importante para nos mantermos à frente do campeonato. A continuidade na Taça UEFA, em princípio, está colocada de parte.


- Como explica que, após o 2-0, os jogadores tenham perdido a confiança?


- Após o mau resultado das Antas, entrámos bem no jogo. Nos primeiros 15 minutos, a partida esteve equilibrada. Depois, sofremos dois golos em dez minutos e perdemos a confiança e a concentração. Nunca mais nos encontrámos. Foi isto que falhou.


- Para os jogadores do Benfica, vencer o Celta, na segunda mão, será uma vingança?


- Não se trata de uma questão de vingança. Gostaria de poder ganhar por 8-0, mas considero que é impossível. Acima de tudo, temos de mostrar às pessoas que o que se passou em Vigo foi um pesadelo que não volta a repetir-se.


"VAMOS LUTAR PELO TÍTULO"


O avançado benfiquista garantiu que a goleada averbada na última quinta-feira não desanimará os jogadores na luta pela conquista do título. Nuno Gomes mostrou que continua a confiar no valor da equipa:


-- Vamos à frente do campeonato. Perdemos apenas um jogo de futebol, o Mundo não acabou. Assim, vamos lutar pelo título até ao fim. Temos equipa e condições para isso.


-- O Campomaiorense é o adversário ideal, nesta altura?


-- Vai ser um jogo difícil, pelo ambiente que o rodeará. Contido, temos obrigação e possibilidades de ganhar. Com todo o respeito que o Campomaiorense nos merece, vamos entrar para ganhar. Neste momento, qualquer adversário é difícil, mas pode tornar-se fácil. Além disso, jogar em casa, perante o nosso público, é uma vantagem.


NUNO MARTINS


 

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Partilhar:
URL:
 
Pub
Partilhar
Gostou desta notícia?  Votação: 0
 
Algum erro na notícia?  Envie-nos a correção
 
mais notícias de Arquivo
10-11-2000, às 01:30 - O Estado Campelo
10-11-2000, às 01:22 - Equipa desfalcada com castigos e lesões
10-11-2000, às 01:34 - ESPN em 140 cidades
10-11-2000, às 00:56 - Titulares fazem 0-0 em Leça
10-11-2000, às 12:54 - Cléber entra na convocatória
10-11-2000, às 12:22 - Espanyol no caminho dos dragões
11-11-2000, às 00:33 - Pena melhor da lombalgia
11-11-2000, às 01:30 - Reflectindo sobre tanta lesão
11-11-2000, às 01:46 - Um dia agitado para Marques


  • Resultados
  • |
  • Classif.
  • |
  • Goleadores
  • |
  • Próx. jornada
3ª jornadaLiga
29/08V. Setúbal
2
-
2
Rio Ave16:15
29/08FC Porto
2
-
0
Estoril18:30
29/08Benfica
3
-
2
Moreirense20:45
30/08Tondela
1
-
0
Nacional16:00
30/08Sp. Braga
4
-
0
Boavista17:00
30/08P. Ferreira
1
-
1
Arouca17:00
30/08Académica
1
-
3
Sporting19:15
31/08Belenenses
1
-
1
Marítimo19:00
31/08U. Madeira
0
-
0
V. Guimarães21:00
SportTV1
SportTV2
SportTV3
SportTV4
TVI


SportTV5
TVI24
Eurosport 1
Eurosport 2


Benfica TV
Benfica TV2
Sporting TV


4ª jornadaLiga
13/09Rio Ave
-
Sporting
13/09Nacional
-
Académica
13/09Benfica
-
Belenenses
13/09Estoril
-
Sp. Braga
13/09Moreirense
-
U. Madeira
13/09Marítimo
-
V. Setúbal
13/09Boavista
-
P. Ferreira
13/09Arouca
-
FC Porto
13/09V. Guimarães
-
Tondela
SportTV1
SportTV2
SportTV3
SportTV4
TVI


SportTV5
TVI24
Eurosport 1
Eurosport 2


Benfica TV
Benfica TV2
Sporting TV


3ª jornadaLiga
PClubePtsJVEDGolos
FC Porto732106-1
Sporting732106-3
Arouca732104-1
Benfica632017-3
Sp. Braga632016-2
V. Setúbal531208-4
Rio Ave531206-5
P. Ferreira531203-2
U. Madeira431112-2
10ºBoavista431113-6
11ºBelenenses330305-5
12ºTondela331022-3
13ºNacional331022-3
14ºEstoril331022-6
15ºMarítimo230213-4
16ºV. Guimarães230211-4
17ºMoreirense030032-7
18ºAcadémica030031-8
 
ª jornadaLiga
Golos

1
Aboubakar (FC Porto)
3
2
André Claro (V. Setúbal)
3
3
Jonas (Benfica)
3
4
Suk (V. Setúbal)
3
5
Luisinho (Boavista)
2
6
Soares (Nacional)
2
7
Vukcevic (Sp. Braga)
2
8
Alan (Sp. Braga)
1
9
Raúl Jiménez (Benfica)
1
10
Ramón Cardozo (Moreirense)
1
11
Bruno Moreira (P. Ferreira)
1
12
Rafael Martins (Moreirense)
1
13
Carlos Martins (Belenenses)
1
14
Aquilani (Sporting)
1
15
Yazalde (Rio Ave)
1
16
Rabiola (Académica)
1
17
Joan Román (Sp. Braga)
1
18
Carlos Mané (Sporting)
1
19
1
20
Maurides (Arouca)
1
21
Dyego Sousa (Marítimo)
1
22
Guedes (Rio Ave)
1
23
Herrera (FC Porto)
1
24
Miguel Rosa (Belenenses)
1
25
Samaris (Benfica)
1
26
Varela (FC Porto)
1
27
Ruca (V. Setúbal)
1
28
Ricardo Valente (V. Guimarães)
1
29
Bressan (Rio Ave)
1
30
Hassan (Rio Ave)
1
31
Adrien (Sporting)
1
32
Roniel (P. Ferreira)
1
33
Fransérgio (Marítimo)
1
34
Pedro Santos (Sp. Braga)
1
35
Breitner (U. Madeira)
1
36
Roberto (Arouca)
1
37
Luís Alberto (Tondela)
1
38
Carrillo (Sporting)
1
39
Edgar Costa (Marítimo)
1
40
Gerso (Estoril)
1
41
Élio Martins (U. Madeira)
1
42
Nuno Valente (Arouca)
1
43
Sturgeon (Belenenses)
1
44
Mitroglou (Benfica)
1
45
Crislan (Sp. Braga)
1
46
Costinha (V. Setúbal)
1
47
1
48
Gonçalo Brandão (Belenenses)
1
49
João Mário (Sporting)
1
50
Kaká (Tondela)
1
51
Léo Bonatini (Estoril)
1
52
Maicon (FC Porto)
1
53
Nélson Semedo (Benfica)
1
54
Nuno Coelho (Arouca)
1
55
Pelé (P. Ferreira)
1
56
Ruben Pinto (Belenenses)
1
57
Slimani (Sporting)
1

Bruno de Carvalho fez bem em juntar-se a Jorge Jesus quando este foi expulso?

Copyright © . Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media - Grupo Cofina. Consulte as condições legais de utilização.

Clicar para abrir layer Pretty Clicar para abrir layer Pretty