/futebol/
Siga-nos em: ||| Diário especializado em desporto. Diretor: João Querido Manha
Julgamento de Yuran inicia-se quarta-feira no Porto
CINCO ANOS APÓS ACIDENTE
terça-feira, 16 novembro de 1999 | 23:30
 

O JULGAMENTO de Serguei Yuran, ex-FC Porto, acusado de homicídio involuntário na sequência de um acidente de viação ocorrido em Novembro de 1994, inicia-se quarta-feira no Tribunal Criminal do Porto. A sessão vai decorrer na ausência do arguido, a residir no estrangeiro, depois de o futebolista ter autorizado a realização do julgamento na presença do seu advogado, José Guilherme Aguiar.


A família da vítima, o ex-basquetebolista Ângelo de Oliveira, que também já tinha representado o FC Porto, reclama "justiça" e pede uma indemnização de cerca de 30 mil contos. "O que nós queríamos era o nosso filho e não a indemnização", disse à Lusa, Joaquim Oliveira, pai de Ângelo, sem esconder "alguma mágoa pela demora do processo" e pela "forma violenta" como perdeu o filho.


O acidente ocorreu na madrugada de 24 de Novembro, quando o Mercedes conduzido por Yuran embateu violentamente no Honda Civic de Ângelo Oliveira, na Avenida da Boavista, no Porto. Após o embate, que provocou a morte imediata da vítima, Yuran foi para casa de táxi, alegando que o fez, não para fugir às responsabilidades mas para contactar o seu empresário. Em virtude de ter abandonado o local, embora tenha deixado o seu acompanhante para fornecer elementos quando a PSP chegasse, Yuran não foi sujeito ao teste de alcoolemia, que só é válido até duas horas depois do sinistro.


Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Partilhar:
URL:
 
Pub
Partilhar
Gostou desta notícia?  Votação: 0
 
Algum erro na notícia?  Envie-nos a correção
 


Quem se apresenta, para já, em melhores condições para conquistar a Liga?

Copyright © . Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Edisport, S.A. , uma empresa Cofina Media - Grupo Cofina. Consulte as condições legais de utilização.

Clicar para abrir layer Pretty Clicar para abrir layer Pretty