FC Porto ergue Supertaça mas a equipa está «presa» de movimentos
PORTISTAS DERROTARAM O BEIRA MAR POR 3-1
segunda-feira, 16 agosto de 1999 | 00:32
 

O FC PORTO venceu a Supertaça (11ª vez), ganhou mais um encontro. Soma e segue, dizem os resultados. Tudo com naturalidade, apesar de ter de puxar do brio e superiorizar-se em esforço. Uma equipa ainda "presa" de movimentos, com jogadores "facilmente" marcados, que não parece no melhor momento para o "derby" de abertura do campeonato, no Bessa, é a outra leitura de fundo que pode fazer-se. Custou vencer o Beira Mar, outra vez reduzido a dez jogadores até se render, como na primeira mão, mas as opções de banco portistas ainda parecem valer mais do que alguns retoques no "armar" do ataque que Fernando Santos ontem ensaiou de novo com nova fórmula.


Foi, porém, o habitual sistema de dois "meias", como rampas de lançamento, contra um ataque inicial com Domingos atrás do trio ofensivo, a revitalizar o FC Porto. Um empate surpresa, graças a um "penalty" escusado, registava-se ao intervalo e as coisas mudaram de feição no regresso dos balneários, com alterações substanciais. Mas foi preciso ter Jardel pronto a marcar e desequilibrar, algo que só Alessandro, nesta altura, está à altura de fazer para "assistir" o goleador e a equipa tirar partido dessa capacidade fundamental enquanto supera alguns defeitos próprios desta fase de preparação.


Não pode pedir-se demasiado aos atletas (falta, obviamente, velocidade em quase toda a gente), mas também não se esperaria tantas dificuldades para o FC Porto superar o Beira Mar.


1-0 PRECOCE


O golo cedo obtido, ao segundo cruzamento de Alessandro da direita, contribuiu para a sensação de "facilidades" que amoleceria o FC Porto tempo adiante. Fernando Santos esquematizou um ataque habitual mas com Domingos atrás de Jardel. Chainho ao lado de Peixe, com o primeiro lento e sem conseguir a ligação com o sector à frente, significou partir a equipa ao meio. Daí o segundo remate surgir apenas aos 25 minutos, e de livre!...


O Beira Mar arriscou um pouco mais. Em relação à primeira mão, Gila estava suspenso (expulsão por dois amarelos), Sousa abdicou de um central extra, deixou só um trinco (Fernando Aguiar) a vigiar as movimentações do ponta-de-lança recuado (Domingos) do adversário. Com Fusco a anular Chainho e Óscar controlando Peixe, as saídas de jogo dos dragões estavam bloqueadas. E num "penalty" generosamente concedido por Jorge Costa (e não pelo árbitro, alvo de assobios), o empate dava alento ao Beira Mar. Mas não era razão para o descontrolo portista. O resultado ainda servia para erguer o "caneco", mas ninguém exigiria outra coisa que não a vitória. Porém, a parte final do primeiro tempo foi dos aveirenses, que se soltaram no campo, apoquentaram Vítor Baía (43 e 44m) e equilibraram as contas em quatro remates mas todos enquadrados na baliza!


A "REPRISE"


O FC Porto em "panne" passou, no segundo tempo, ao modelo em "reprise", com Ricardo Sousa e Capucho na função, digamos, de Deco/Rui Barros e Drulovic. Com diferenças óbvias que Fernando Santos tenta colmatar enquanto habitua os recém-chegados. Retomou-se o futebol apoiado desde a linha média. Logo a (re)abrir, Alessandro "entortou" Cristiano mas não mereceu o devido "penalty" (47m) da parte do árbitro viseense. A equipa estava ainda à mercê das acções individuais, mas a pressão acentuou-se junto à área aveirense. Com Rubens Júnior a "abrir" na esquerda, de novo Esquerdinha pôde encontrar espaços pelo meio do campo. Ricardo Sousa reforçava esse lado e a amplitude portista ganhava consistência, ainda que sem "esmagar".


Os aveirenses já jogavam com dez, quando Sousa pretenderia render Konadu (falta de senso na "entrada" fora de tempo) por Fary e espevitar um ataque que apenas rematou uma vez após o intervalo.


A precipitação dos aveirenses, pressionados na sua retaguarda, foi danosamente agravada pela vista grossa do árbitro que deixou passar uma falta de Capucho no lance em que os portistas chegam ao segundo golo. O terceiro veio por acréscimo, na onda de crescimento portista, mas as dificuldades enfrentadas, a irregularidade da equipa e os problemas inerentes a esta fase da época prenunciam também dores de cabeça para a reentrada no campeonato. Uma semana importante esta que se inicia.


MAU, MAU


Isidoro Rodrigues esteve mal e mal auxiliado. Sagaz a marcar um "penalty" que escapa a muitos como a punir entrada faltosa de Konadu sobre Baía (segundo amarelo da ordem), mas tolhido inexplicavelmente no lance de Alessandro num caso evidente de desonestidade intelectual. Sem influenciar, as arbitragens marcaram a Supertaça: duas expulsões correctas, dois "penalties" (já) por assinalar. Mau prenúncio.


GOLOS


1-0. Alessandro fugiu a Cristiano, junto à linha de fundo, e ao seu segundo cruzamento apanhou JARDEL junto ao segundo poste, nas costas de Vítor Silva, para cabecear certeiro.


1-1. Carga de Jorge Costa sobre Konadu e "penalty" assinalado que ÓSCAR converteu com um remate forte.


2-1. De uma falta de Capucho sobre um adversário, Alessandro armou o contra-ataque e serviu JARDEL, cujo primeiro remate em jeito foi defendido por Palatsi na saída e o brasileiro recarregou em "mergulho" para marcar de cabeça.


3-1. Esquerdinha "encheu" a meia-esquerda, serviu Rubens Júnior no flanco e o seu cruzamento com destino a Jardel foi antecipado por LOBÃO com um desvio para a própria baliza.


JOSÉ LUÍS PEREIRA


Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Partilhar:
URL:
 
Pub
Partilhar
Gostou desta notícia?  Votação: 0
 
Algum erro na notícia?  Envie-nos a correção
 


  • Resultados
  • |
  • Classif.
  • |
  • Goleadores
  • |
  • Próx. jornada
8ª jornadaLiga
24/10V. Setúbal
0
-
1
V. Guimarães20:30
25/10Boavista
-
P. Ferreira16:00
25/10Moreirense
-
Gil Vicente16:00
25/10Arouca
-
FC Porto20:15
26/10Nacional
-
Académica16:00
26/10Estoril
-
Belenenses16:00
26/10Sporting
-
Marítimo18:00
26/10Sp. Braga
-
Benfica20:15
27/10Rio Ave
-
Penafiel20:00
SportTV1
SportTV2
SportTV3
SportTV HD
TVI


SportTV Live
TVI24
Eurosport 1
Eurosport 2


Benfica TV
Benfica TV2
Sporting TV


9ª jornadaLiga
31/10Benfica
-
Rio Ave19:45
01/11Penafiel
-
Estoril16:00
01/11V. Guimarães
-
Sporting18:00
01/11FC Porto
-
Nacional20:15
02/11P. Ferreira
-
V. Setúbal16:00
02/11Marítimo
-
Moreirense16:00
02/11Gil Vicente
-
Arouca16:00
02/11Académica
-
Sp. Braga19:15
03/11Belenenses
-
Boavista20:00
SportTV1
SportTV2
SportTV3
SportTV HD
TVI


SportTV Live
TVI24
Eurosport 1
Eurosport 2


Benfica TV
Benfica TV2
Sporting TV


8ª jornadaLiga
PClubePtsJVEDGolos
Benfica19761019-4
V. Guimarães17852115-7
FC Porto15743010-3
Sporting13734013-4
Marítimo12740312-8
Rio Ave11732213-7
Sp. Braga11732210-5
P. Ferreira1173228-7
Belenenses1173229-9
10ºV. Setúbal882246-12
11ºAcadémica771426-7
12ºMoreirense771423-7
13ºArouca772144-10
14ºBoavista772144-13
15ºEstoril6713310-15
16ºNacional571245-9
17ºPenafiel471153-13
18ºGil Vicente270256-16
 
8ª jornadaLiga
Golos

1
Talisca (Benfica)
6
2
Maazou (Marítimo)
5
3
5
4
Bruno Moreira (P. Ferreira)
4
5
Slimani (Sporting)
4
6
Fransérgio (Marítimo)
4
7
Deyverson (Belenenses)
4
8
Bernard (V. Guimarães)
4
9
Hassan (Rio Ave)
3
10
Simy (Gil Vicente)
3
11
Zé Luís (Sp. Braga)
3
12
Jonatan Alvez (V. Guimarães)
3
13
Carrillo (Sporting)
3
14
Diego Lopes (Rio Ave)
3
15
Kuca (Estoril)
3
16
Salvio (Benfica)
3


Copyright © . Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Edisport, S.A. , uma empresa Cofina Media - Grupo Cofina. Consulte as condições legais de utilização.

Clicar para abrir layer Pretty Clicar para abrir layer Pretty