/futebol/nacional/1a_liga/pacos_ferreira/
Siga-nos em: ||| Diário especializado em desporto. Diretor: João Querido Manha
  • Benfica
  • Sporting
  • FC Porto
  • Estoril
  • Nacional
  • Marítimo
  • V. Setúbal
  • Académica
  • Sp. Braga
  • V. Guimarães
  • Rio Ave
  • Arouca
  • Gil Vicente
  • Belenenses
  • P. Ferreira
  • Moreirense
  • Penafiel
  • Boavista
José Mota: «Toda a gente fugia de responsabilidades»
MUITO CRÍTICO NA SAÍDA PARA O PAÇOS
quarta-feira, 22 outubro de 2003 | 12:25
 

José Mota despediu-se esta manhã do Santa Clara para assumir o cargo de treinador do Paços de Ferreira. Na hora da saída fez críticas, muitas críticas, dizendo que nunca se sentiu apoiado e que este foi o tempo mais difícil da sua carreira como treinador.


"Eu vou para uma equipa que está no ultimo lugar, mas em que as pessoas nunca vão fugir das responsabilidades. Estar sempre presente nos bons e nos maus momentos e isso para mim é o mais importante. Saber que a solidariedade existe, que vai haver comunhão de esforços como sempre houve. Quando há força conseguimos. Aqui foi o contrário. Cada dia que passava mais dispersão, toda a gente fugia. Tenho que realçar a postura de Pedro Castanheiro, o único que nos ajudou", disse.


Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Partilhar:
URL:
 
Pub
Partilhar
Gostou desta notícia?  Votação: 0
 
Algum erro na notícia?  Envie-nos a correção
 


Quem é o guarda-redes mais indicado para render a Oblak no Benfica?

Copyright © . Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Edisport, S.A. , uma empresa Cofina Media - Grupo Cofina. Consulte as condições legais de utilização.

Clicar para abrir layer Pretty Clicar para abrir layer Pretty