• Benfica
  • FC Porto
  • V. Guimarães
  • Sporting
  • Marítimo
  • Rio Ave
  • Sp. Braga
  • P. Ferreira
  • Belenenses
  • V. Setúbal
  • Académica
  • Moreirense
  • Arouca
  • Boavista
  • Estoril
  • Nacional
  • Penafiel
  • Gil Vicente
Jogadores inscritos na Liga até à última hora
CLUBES AO ATAQUE
terça-feira, 1 fevereiro de 2000 | 01:00
 

A SECRETARIA da Liga Portuguesa de Futebol Profissional foi alvo de um autêntico "assalto", que se prolongou por dois meses e teve o seu auge precisamente segunda-feira. Os 36 clubes filiados naquele organismo e participantes nas duas principais provas do calendário futebolístico português aproveitaram "ao máximo" o segundo período permitido pelos regulamentos para inscrever novos atletas para a presente época, de 1999-2000, obrigando os serviços da Liga a horas extraordinárias para registarem cerca de setenta de novos contratos.


Se atendermos apenas à I Liga, os números são ainda mais sintomáticos: entre 1 de Dezembro último e ontem às 18 horas (data limite para a segunda "ronda" de inscrições) foram 53 os novos contratos registados, dos quais 21 correspondem a jogadores directamente oriundos de clubes estrangeiros, sendo que os mercados preferenciais, para cumprir a regra, foram o Brasil e Espanha.


Os principais "compradores" foram o Santa Clara, com nove aquisições, seguindo-se o Sporting, com seis, sendo que os leões foram buscar quatro reforços fora de portas, apostando, depois, num profissional da casa que estava fora da "contabilidade" há longos meses (Afonso Martins) e num atleta júnior (Eduardo Carvalho). Os açorianos tiraram partido de um bom punhado de empréstimos, indo buscar os restantes reforços ao Brasil, um à Bélgica e apenas uma aquisição no mercado interno (René Rivas).


Mas de entre os dados disponíveis, a primeira "leitura" leva-nos imediatamente a compartimentar esta segunda leva de aquisições em percentagens por posições no terreno de jogo. Aí, não restam dúvidas: os clubes portugueses estão mesmo... ao ataque! Entre as 53 transferências registadas, 25 foram apostas deliberadas no reforço dos respectivos sectores ofensivos, começando, aliás, pelo próprio líder da prova e campeão em título, FC Porto: todos os seus (três) novos reforços são avançados (Clayton, Caju e Cândido Costa). Os dois outros principais candidatos ao título, Sporting e Benfica, também focalizaram as suas preferências nos sectores mais ofensivos (meio-campo e ataque), apesar de Augusto Inácio não ter descurado a defesa, onde se reforçou com três novos elementos.


As apostas do Santa Clara são substancialmente diferentes e têm por objectivo o todo do plantel: Manuel Fernandes não estava satisfeito e foi buscar elementos para cada um dos sectores da equipa, incluindo para a baliza, passando-se praticamente o mesmo com o Farense, que inscreveu um defesa, um médio e dois avançados. O “lanterna-vermelha” deste primeiro escalão, o Vitória de Setúbal, também tirou partido e, já sob o comando de um novo técnico, decidiu reforçar-se com um guarda-redes (júnior, da casa), um defesa e um avançado.


Houve, por outro lado, clubes que não aproveitaram a oportunidade, mantendo o seu plantel inalterável, tal como iniciaram a época. São os casos únicos de Estrela da Amadora e Belenenses. Ao que tudo indica, ambos por razões orçamentais, ou mais comummente, por questões de "tesouraria", apesar de em relação aos azuis do Restelo haver ainda uma razão suplementar: a inibição de inscrever jogadores.


MANUEL FERNANDES EXPLICA ENTRADAS NO SANTA CLARA


Manuel Fernandes admite que alguns jogadores contratados pelo Santa Clara, no início desta temporada, e outros que transitaram dos escalões inferiores não renderam o que o técnico esperava. Este motivo levou a que o treinador se visse obrigado a reforçar todos os sectores da equipa açoriana, neste período de inscrições que ontem fechou, como o próprio explica.


"Entendi que o meio-campo devia ser modificado, atendendo a que alguns jogadores que fui buscar não renderam o que esperava deles. Além do mais, fizemos quase toda a primeira volta com atletas que estiveram comigo na Honra e na II Divisão B, que não é propriamente o mesmo que jogar na I Liga. Esta equipa necessitava de jogadores com outras características."


Acreditando que os reforços podem trazer melhorias ao conjunto de Ponta Delgada, Manuel Fernandes adianta, por outro lado, que "a grande falha do Santa Clara tem passado pela concretização". A verdade é que o clube açoriano apenas adquiriu um atleta (no caso, El Idrissi) para o sector mais avançado da equipa, embora o treinador reconheça que poderia ter sido contratado um ponta-de-lança.


"Espero que o Wanderley recupere e passe a ser uma peça válida no plantel. Por outro lado, procurei um homem de área e não consegui. Ou melhor, gostei de um, mas houve muitas indefinições e acabou por não ser contratado. Nunca iria buscar um jogador que não conhecesse bem."


BELENENSES E E. AMADORA DESPERDIÇAM MERCADO DE INVERNO


Belenenses e E. Amadora são os dois únicos clubes que não aproveitaram o “mercado de Inverno” para reforçar os respectivos plantéis. Questões logísticas e financeiras estiveram na base da decisão dos dois clubes de Lisboa, que optaram por continuar a apostar nos grupos constituídos no início da temporada.


É isso mesmo que explica Marques Pedrosa, presidente adjunto para a área do futebol do clube da Reboleira: "Quando, em conjunto com a equipa técnica, formámos o plantel, analisámos os prós e os contras de um grupo alargado e optámos pela constituição de um plantel de 23 ou 24 jogadores", acrescentando: "Deixámos em aberto a possibilidade de contratar mais um atleta até ao final do ano, mas, perante a classificação e os desempenhos da equipa, decidimos não fazê-lo agora."


E nem a insistência de Jorge Jesus em poder contar com mais um elemento demoveu os responsáveis do E. Amadora. Marques Pedrosa explica porquê. "Embora o técnico tenha pedido mais um jogador, o departamento de futebol, condicionado pela situação económica e pela mais-valia do plantel, entendeu não ser necessária qualquer aquisição", afirmou o presidente adjunto, garantindo que só deste modo é possível ao clube da Reboleira "cumprir as suas obrigações fiscais e outras".


Um ponto de vista subscrito por Ramos Lopes, presidente do Belenenses, que, apesar de ter assistido à saída Gouveia e Rui Pataca para o Montpellier, continua a acreditar nos valores do plantel: "Não vamos inscrever mais ninguém, porque temos diversas soluções dentro do grupo", garantiu, citando os nomes de Luís Nunes, Doda, Renato e Cafú, entre outros.


CÉU FREITAS, JOÃO LOPES E VANDA CIPRIANO


Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Partilhar:
URL:
 
Pub
Partilhar
Gostou desta notícia?  Votação: 0
 
Algum erro na notícia?  Envie-nos a correção
 


  • Resultados
  • |
  • Classif.
  • |
  • Goleadores
  • |
  • Próx. jornada
8ª jornadaLiga
24/10V. Setúbal
-
V. Guimarães20:30
25/10Boavista
-
P. Ferreira16:00
25/10Moreirense
-
Gil Vicente16:00
25/10Arouca
-
FC Porto20:15
26/10Nacional
-
Académica16:00
26/10Estoril
-
Belenenses16:00
26/10Sporting
-
Marítimo18:00
26/10Sp. Braga
-
Benfica20:15
27/10Rio Ave
-
Penafiel20:00
SportTV1
SportTV2
SportTV3
SportTV HD
TVI


SportTV Live
TVI24
Eurosport 1
Eurosport 2


Benfica TV
Benfica TV2
Sporting TV


9ª jornadaLiga
31/10Benfica
-
Rio Ave19:45
01/11Penafiel
-
Estoril16:00
01/11V. Guimarães
-
Sporting18:00
01/11FC Porto
-
Nacional20:15
02/11P. Ferreira
-
V. Setúbal16:00
02/11Marítimo
-
Moreirense16:00
02/11Gil Vicente
-
Arouca16:00
02/11Académica
-
Sp. Braga19:15
03/11Belenenses
-
Boavista20:00
SportTV1
SportTV2
SportTV3
SportTV HD
TVI


SportTV Live
TVI24
Eurosport 1
Eurosport 2


Benfica TV
Benfica TV2
Sporting TV


8ª jornadaLiga
PClubePtsJVEDGolos
Benfica19761019-4
FC Porto15743010-3
V. Guimarães14742114-7
Sporting13734013-4
Marítimo12740312-8
Rio Ave11732213-7
Sp. Braga11732210-5
P. Ferreira1173228-7
Belenenses1173229-9
10ºV. Setúbal872236-11
11ºAcadémica771426-7
12ºMoreirense771423-7
13ºArouca772144-10
14ºBoavista772144-13
15ºEstoril6713310-15
16ºNacional571245-9
17ºPenafiel471153-13
18ºGil Vicente270256-16
 
8ª jornadaLiga
Golos

1
Talisca (Benfica)
6
2
Maazou (Marítimo)
5
3
5
4
Bruno Moreira (P. Ferreira)
4
5
Slimani (Sporting)
4
6
Fransérgio (Marítimo)
4
7
Bernard (V. Guimarães)
4
8
Deyverson (Belenenses)
4
9
Jonatan Alvez (V. Guimarães)
3
10
Hassan (Rio Ave)
3
11
Simy (Gil Vicente)
3
12
Zé Luís (Sp. Braga)
3
13
Carrillo (Sporting)
3
14
Diego Lopes (Rio Ave)
3
15
Kuca (Estoril)
3
16
Salvio (Benfica)
3


Copyright © . Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Edisport, S.A. , uma empresa Cofina Media - Grupo Cofina. Consulte as condições legais de utilização.

Clicar para abrir layer Pretty Clicar para abrir layer Pretty