/futebol/nacional/1a_liga/benfica/
Siga-nos em: ||| Diário especializado em desporto. Diretor: João Querido Manha
  • Benfica
  • Sporting
  • FC Porto
  • Estoril
  • Nacional
  • Marítimo
  • V. Setúbal
  • Académica
  • Sp. Braga
  • V. Guimarães
  • Rio Ave
  • Arouca
  • Gil Vicente
  • Belenenses
  • P. Ferreira
  • Moreirense
  • Penafiel
  • Boavista
Vale e Azevedo: «Mourinho é um treinador jovem com grande ambição»
RAZÕES PARA A CONTRATAÇÃO DO EX-ADJUNTO DO «BARÇA»
quinta-feira, 21 setembro de 2000 | 02:30
Autor: ANTÓNIO JOSÉ OLIVEIRA e JOÃO RUI RODRIGUES
 

VALE e Azevedo justificou quarta-feira a contratação de José Mourinho pela juventude e ambição do treinador, que ontem foi apresentado com "pompa e circunstância" no Estádio da Luz, perante a presença de sensivelmente três centenas de adeptos.


"O Conselho de Administração da SAD decidiu contratar o sr. José Mourinho para treinador principal do Benfica, por tratar-se de um treinador jovem e ambicioso, que tem uma escola muito interessante em Espanha, onde trabalhou com treinadores de grande nível como Van Gaal e Bobby Robson", explicou o presidente do Benfica, especificando igualmente a escolha de Carlos Mozer para técnico adjunto: "É um homem da casa, que conhece o clube, tem uma atitude de campeão e muita vontade de vencer."


O facto de José Mourinho nunca ter sido treinador principal foi desvalorizado por Vale e Azevedo. "Há sempre uma primeira vez. O futebol sem risco, não existe. Era importante nesta fase ter um treinador português e julgo que fizemos uma grande opção. Estou convencido de que é uma aposta ganha."


O líder do clube da Luz lembrou, depois, uma frase que José Mourinho proferiu no decorrer das negociações - "O que é mais importante não é estar no Benfica, é ganhar no Benfica." Para Vale e Azevedo este é um bom exemplo da ambição que norteia a equipa técnica.


"É um aspecto fundamental. Muitas vezes um treinador com carreira feita não tem tanta ambição e foi neste contexto, além das suas qualidades técnicas, que o contratámos."


Vale e Azevedo terminou a conferência de Imprensa desejando boa sorte à nova equipa técnica: "Desejo-lhes as maiores felicidades. Mourinho e Mozer são pessoas que não desistem, que lutam sempre."


VALE NEGA CLÁUSULA


Vale e Azevedo afirmou que o contrato de José Mourinho não tem nenhuma cláusula que permita ao futuro presidente do Benfica dispensar o treinador sem custos para os encarnados.


Esta foi uma pretensão assumida horas antes por Manuel Vilarinho.


"Isso não faz sentido, porque o Benfica autonomizou o futebol, para evitar as flutuações de humor do presidente do clube. Agora, há uma SAD que manda na SAD", referiu Vale e Azevedo, em entrevista à RTP 1. "Para efeitos da SAD, é irrelevante o presidente do clube."


Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Partilhar:
URL:
 
Pub
Partilhar
Gostou desta notícia?  Votação: 0
 
Algum erro na notícia?  Envie-nos a correção
 



Copyright © . Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Edisport, S.A. , uma empresa Cofina Media - Grupo Cofina. Consulte as condições legais de utilização.

Clicar para abrir layer Pretty Clicar para abrir layer Pretty